O que é o jiu-jitsu?

O jiu-jitsu é, em sua essência, uma arte marcial focada quase que exclusivamente na defesa pessoal. Utilizando técnicas de projeção, alavancas nas articulações e estrangulamentos o jiu-jitsu é útil até mesmo para quem sabe pouco da arte, confirmando ainda mais aquele ditado “em terra de cego, quem tem um olho é rei”.


O jiu-jitsu foi baseado no judô e desenvolvido ao longo dos anos pela família Gracie. No início do século XX Mitsuo Maeda veio ao Brasil e com ele trouxe o Kodokan Jujutsu, que posteriormente viria a ser conhecido como Judô. A viagem de Maeda para o Brasil era para divulgar o Kodokan Jujutsu e, em 1915, ao chegar em Belém do Pará conheceu Gastão Gracie, pai de oito filhos e grande entusiasta das artes marciais, que levou seu filho Carlos Gracie para aprender a modalidade.



Carlos era pequeno e frágil e encontrou no Kodokan Jujutsu a solução para seu menor porte físico. Quando se mudou para o Rio de Janeiro, com a família, em 1925, tinha 19 anos e já era um lutador conhecido por derrotar adversários maiores e mais fortes que ele.





Com o objetivo de provar a superioridade do jiu-jitsu e formar uma tradição familiar, Carlos Gracie desafiou grandes lutadores da época e passou a gerenciar a carreira dos irmãos. A família Gracie lutava em combates de Vale-tudo, onde não haviam regras, lutas terminando pelo nocaute ou finalização.


Ao modificar as regras internacionais do judô e jiu-jitsu japonês nas lutas que ele e os irmãos realizavam, Carlos Gracie iniciou o primeiro caso de estilo, ou esporte, reconhecido na história de modalidades brasileiras exportadas para o mundo Anos depois, a arte marcial passou a ser denominada de gracie jiu-jitsu e depois veio a surgir o Brazilian jiu-jitsu, sendo exportada para o mundo todo, até mesmo para o Japão.


O principal objetivo do gracie jiu-jitsu passou a ser a finalização do oponente e não era mais tão focado nas partes de queda. Ao longo do tempo ele foi se aprimorando ainda mais, principalmente com a nova descoberta da família Gracie, o irmão mais novo de Carlos, Hélio Gracie.


Hélio Gracie ajudou a melhorar os príncipios básicos da guarda e, como os irmão já faziam, vencia adversários muito maiores e mais fortes que ele próprio utilizando técnicas de alavanca e projeção ao solo.


O jiu-jitsu é, considerada por muitos, a arte marcial mais eficiente no combate um a um e é uma das melhores formas de defesa pessoal do mundo, inegavelmente. Tanto que é o esporte individual que mais cresce no Brasil, com mais de 550 mil praticantes e mais de 3000 academias espalhadas por todos os cantos do país.


Tá esperando o quê? Venha experimentar essa arte marcial tão rica e cheia de novidades.


Você vai se apaixonar, eu garanto!

Oss

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Alguns anos atrás estava de carro no centro de São Paulo, já era por volta das 15:00 e estava ficando sem bateria. Ainda tinha que percorrer uns 10km até o meu destino e não parecia que minha bateria